Lançamento do Novo Triturador de Entulho TE2

Sempre atenta às necessidades do mercado e à importância da questão ambiental, a CSM, uma das principais fabricantes de máquinas e sistemas para construção do Brasil, desenvolveu um novo triturador de entulho destinado a obras de pequeno e médio portes, as quais até então não tinham acesso a nenhuma solução viável para a reutilização de seus resíduos.

A novidade será apresentada pela empresa ao mercado durante a FEICON BATMAT 2017 e pretende tornar a reutilização de resíduos de construção na própria obra uma prática comum e acessível a qualquer projeto, colaborando com a economia dos recursos disponíveis e a preservação do meio ambiente.

A reciclagem vem ganhando força ao longo dos anos nos mais variados mercados, principalmente, em função de dois fatores, ou seja, o apelo ambiental, pois, soluciona o problema do descarte de resíduos no meio ambiente e a economia alcançada por meio da aquisição de matérias-primas provenientes de sobras e descartes, criando um novo mercado que abastece boa parte de tudo o que os setores produtivos consomem atualmente.

Vale destacar que há por parte do poder público algumas iniciativas, ainda de forma isolada, que visam à necessidade de eliminação do descarte inadequado de resíduos ao mesmo tempo em que criam mecanismos para otimizar centros de coleta e reaproveitamento desses materiais.

Na construção civil a questão não foge à regra, afinal, o impacto ambiental e econômico que a reutilização do entulho gerado na própria obra pode trazer ao país é muito positivo.

Segundo o diretor comercial da CSM, Marcelo Emmerich, os esforços da empresa no desenvolvimento de uma máquina pequena capaz de dar conta da tarefa foram orientados para tornar possível sua adoção em qualquer canteiro de obras.

“De norte a sul do Brasil, há um incontável número de obras residenciais, comerciais e reformas diversas acontecendo o tempo todo, se levarmos em conta o volume total de resíduos de concreto, tijolos e outros artefatos de cerâmica e cimento gerados diariamente nos canteiros chegaremos a um número assustador. Além disso, todo esse material precisa ter uma destinação adequada, o que implica na contratação de caçambas e transporte do material até aterros preparados para recebê-los.

O pior é que isso nem sempre acontece e toneladas de entulho acabam, infelizmente, sendo dispensadas no meio ambiente”, relata Emmerich.

O entulho triturado pelo TE2 CSM pode ser utilizado para aterrar áreas desniveladas, como base para piso ou calçadas e até mesmo como agregado para concreto não-estrutural, gerando economia e diminuindo o impacto ambiental das obras.

O TE2 CSM é compacto, fácil de transportar, possui mandíbulas maciças fabricadas em aço de alta resistência, possibilita diferentes regulagens para a ruptura do entulho em diversos tamanhos a fim de facilitar o reuso desse material e vem equipado com painel liga-desliga com botão de emergência, muito seguro e fácil de operar.

Considerando todas essas premissas, a simplicidade, a robustez e a confiabilidade da máquina, o TE2 é ideal para locadores de máquinas e para pequenas e médias construtoras, sem dúvida, um equipamento pronto para atender uma demanda importante que até agora carecia de uma solução econômica e tecnicamente viável.

PARA SABER MAIS: https://www.csm.ind.br/maquinas/produtos/triturador-de-entulho-te2/